domingo, Outubro 24, 2010

muffins de abóbora e noz

O mais curioso é que as abóboras têm pouca tradição na alimentação de certas zonas. Se bem me lembro, lá para os lados da minha avó, as abóboras, tirando o uso natalício, eram comida para alimentar os porcos. Mas as abóboras são uma delícia. Este ano tive uma óptima produção. Para além das óbvias vantagens para o 1º de Novembro, tenho-as experimentado em tudo e mais alguma coisa. Ficam óptimas em sopas e risotos. Mas são excelentes nos doces. Estes muffins são absolutamente deliciosos. Foram um improviso à volta da abóbora.
300 gramas de farinha com fermento; 150 gramas de farinha sem fermento; 1 colher e meia de chá de canela em pó; 1/2 de noz moscada; 115 gramas de açúcar amarelo (mais uma colher de sopa rasa); 400 gramas de abóbora descascada e cortada em pedaços grandes; 100 gramas de nozes partidas grosseiramente; uma mão-cheia de passas; 2 ovos; 200 ml de leite; 1 colher de chá de extracto de baunilha; 125 gr de manteiga sem sal derretida; sumo de uma laranja;
Cozer a abóbora no sumo de laranja, com uma colher rasa de açúcar amarelo e meia colher de chá de canela. Mexe-se de vez em quando para que o líquido engrosse com os pedacinhos da abóbora. No final deve estar tenra, com muitos pedacinhos espalhados no molho e alguns pedaços ainda do tamanho de berlindes. Reservar.
Colocar as farinhas, uma colher de canela, a noz-moscada, o açúcar, as nozes e as passas numa tigela. Fazer uma cova no centro. Bater os ovos, o leite e a baunilha e juntar à mistura seca, alternando com a manteiga derretida e a abóbora (com o molho). Mexer com uma colher de metal. Não esqueça: os muffins devem ficar mal mexidos. Com grumos. Eu tive necessidade, nesta altura, de juntar uma colher de sopa de farinha (com fermento) e outra colher de sopa de açúcar para corrigir a consistência e a doçura. Vão ao forno a 210º, em formas untadas, cerca de meia hora.

3 comentários:

moranguita disse...

eu ja uso a abobota tambem na comida mas ao inicio era so mesmo nos docinhos tipicos do natal
e que sao tao bons.
os queques estao bem apetitosos
beijinhos

B. V. disse...

Ola, gostei muito do teu cantinho e ja te estou a seguir, visita tambem os meus e torna-te seguidor.
http://casaescorpiao.blogspot.com/
http://baudastralhasbv.blogspot.com/

O Cravo da Índia disse...

De facto, é um ingrediente subaproveitado!

Obrigado!