sexta-feira, Dezembro 19, 2008

Bacalhau com broa

A minha interpretação do bacalhau com broa. Com inspiração daqui e dali…e com excelentes resultados.

Na travessa fiz uma cama com cebola, alho francês, pimento, alho, louro, bastante azeite e um pouco de sal. Foi ao forno a amolecer lentamente em calor moderado. Quando começaram a amolecer (não demasiado!!!), juntei-lhes os brócolos branqueados (foto).

A travessa voltou, entretanto, ao forno por causa dos brócolos, mais dois ou três minutos
O bacalhau (demolhado) tinha sido, entretanto, colocado em água (a ferver, e o lume imediatamente desligado, após a imersão do peixe) durante seis ou sete mintuos, mais coisa menos coisa. Bacalhau desfiado e misturado aos legumes.
Quanto à crosta de broa, foi usado o miolo de duas broas - que a travessa era grande - as minúsculas pontinhas verdes cortadas aos brócolos ainda crus, pimento cortado em pequenos cubos e chouriço também finamente cortado. Tudo envolvido e misturado com bom azeite.
E foi a dourar ao forno. No prato, foi servido com umas batatas assadas, mas poderia perfeitamente ter passado sem elas.

11 comentários:

Anónimo disse...

E fez-se silêncio à mesa...

A provadora oficial

Célia disse...

Seja muito bem vindo, está lindo.

Suzana disse...

A crosta de broa e aparas de bróculos é deliciosa! Eu não sou fã confessa de bacalhau salgado e as receitas tradicionais nunca me suscitam vontade de o cozinhar. Esta reinterpretação é capaz de me fazer pensar duas vezes (e o meu Provador agradece, pois adora bacalhau). :)

semente de sésamo disse...

Sounds delicious...

colher-de-pau disse...

Parece-me realmente muito bom!
Nada como experimentar para ter a certeza!

Eliana Scaramal disse...

Que máximo essa receita! A crosta de broa que linda ficou?! Amei!

Receitas da Filipa disse...

Adorei esta receita! As fotos estão lindas, parabéns!

Cristina disse...

Nunca tinha visto esta versão com brôa, parece-me muito "veggie", logo, muito bom!

Cristina

Cristina disse...

Já experimentei fazer, mas o resultado foi desastroso.Não pela receita, que pelo que percebi vai-se tornar uma habitual em jantares mais "exigentes" cá em casa, mas porque ando uma uma trapalhona com a demolhação do fiel amigo. Ficou salgado que não se podia...

Evidentemente vou-lhe dar uma segunda oportunidade ;)

Anónimo disse...

bem, dois anos após a publicação desta receita, lá a encontrei por acaso, e decidi fazer mais do que elogiar o aspecto das fotos. Lancei-me à obra e o resultado foi... para lá das expectativas!!! uma nota + , aliás, duas: a minha e a do bom garfo que comigo partilha os pratos e a vida. Acompanhámos com um maduro branco bem fresquinho... hummmmm!!! Divinal!

O Cravo da Índia disse...

Fico muito satisfeito. Este bacalhau tornou-se habitual na minha cozinha, com mais ou menos pormenor. Também gosto muito.